menu

31/10/2015

Independentismo. Fraude e corrupção política. Espanha. NOM

Continuando com a 2ª parte relacionada a estes aspectos tão delicados para a nossa existência, já que o que a elite e seus aliados buscam é primeiramente ter o monopólio do mundo inteiro, mas se suas jogadas astutas de sempre não derem resultado, é muito provável que eles busquem alianças para, dessa forma, poder nos controlar melhor. Seu objetivo é criar, sem oposição, sua Nova Ordem Mundial que tanto precisam, porque, assim, com ela, eles podem ter o controle total do planeta e, para isso, têm que mostrar sua verdadeira cara, e parece que é o que está acontecendo agora.
Por acaso eles não conseguiram se impor perante o povo grego no referendo de seus próprios direitos? E o que diremos de Portugal e suas recentes eleições?
E sobre as próximas eleições na Espanha, quem vai governar? Os mesmos partidos de sempre, ou outros grupos suspostamente novos com projetos renovados? Ou serão os mesmos com outra cara mais jovem para assim poder continuar governando por turnos, mas sempre prometendo o que não vão cumprir, porque, ao final, eles têm que servir seus senhores?

Será que muitos cidadãos mais conscientes sabem quem está por trás dando ordens sombrias para, assim, mudar monarquias e governos como sempre fizeram?
Mas, além disso, o que podemos dizer sobre o independentismo que está em plena evidência? Será a nova alternativa dos donos do poder global para impor sua Nova Ordem Mundial?