menu

13/08/2018

Egito e Deuses Estelares, Maldição Múmias, Medicina, Sírio, Órion, Shemsu Hor

****NOVO FORMATO COM ÁUDIO****
***ESTE DOCUMENTÁRIO ESTÁ DIVIDIDO EM SEU INTERIOR EM TRÊS PARTES***

Muitas coisas existentes do antigo Egito tanto historiadores quanto arqueólogos e exploradores até o momento não puderam decifrar... prodigiosas e colossais estátuas, obeliscos, pirâmides e monumentos em todo o grandioso e milenar Egito... muito vinculados a um campo de energia solar e estelar que esses povos souberam aproveitar.

Restos de inúmeras cidades-templos que circundam toda a margem do maior rio do planeta, o Nilo... como testemunho de sua magnífica civilização que não sabem como foram construídos.

Recordemos que a ciência oficial sempre nos ocultou inúmeras coisas com o único propósito de que permaneçamos na ignorância e nos apeguemos à falta de cultura e ao obscurantismo que é compartilhado em todo o planeta.
E o que podemos dizer do que sempre foi falado sobre a maldição das múmias? Será que o Egito sempre foi protegido por uma luz espiritual e cósmica de uma Justiça muito severa, de completa veracidade e retidão... sustentada por um poder lumínico desconhecido? O que há por trás das mortes incomuns de cientistas, arqueólogos etc., relacionados com a profanação das tumbas e criptas funerárias como, por exemplo, a do faraó Tutancâmon?

Povos com proeminentes conhecimentos em medicina, astronomia, alinhamentos estelares, matemática, engenharia...
Será que todos esses conhecimentos foram uma herança recebida de seus antepassados, ou seja, dos deuses do Egito milenar que haviam, há muitos séculos, descido de suas estrelas como Sírio ou a constelação de Órion, bem como as próprias Plêiades... sendo eles os projetistas estelares tanto das pirâmides de Gizé quanto da grande Esfinge ancestral?