menu

14/03/2019

Retorno Nibiru, Planeta X, Oumuamua artificial, sinais, asteroides, Sol, DNA

****NOVO FORMATO COM ÁUDIO****
***ESTE DOCUMENTÁRIO ESTÁ DIVIDIDO EM SEU INTERIOR EM DUAS PARTES***

Existe o planeta Nibiru, também conhecido como Planeta X, Marduk etc., como ele nos influencia? De acordo com muitos cientistas, trata-se de um mundo errante, quatro vezes maior do que Júpiter, que se aproxima de nosso campo orbital solar. Ele está oculto na nuvem de Oort e no cinturão de Kuiper, enquanto, como sempre, a humanidade ignora os resultados que isso gerará em nossas vidas.
Mas por que os cientistas têm satélites e telescópios sofisticados e, em um mundo que era bem conhecido na Mesopotâmia antiga e na Suméria, não falaram sobre sua aproximação?
Pelo que se sabe, ele está retornando e, como fez em épocas antigas, tem a tarefa ignóbil de extrair mais uma vez todas as energias do planeta e de seus habitantes, com o fim de vampirizar nossa vida juntamente com as nossas energias vitais, como fizeram no passado. Eles também tiveram a infeliz ideia de intervir geneticamente em toda a humanidade, realizando uma hibridação, alterando o nosso DNA, fazendo com que as nossas doze hélices do genoma que tínhamos, acabassem se convertendo em apenas duas, que estão atualmente ativas.
Mas, além disso, Nibiru estará causando a aproximação de asteroides perigosos a nosso planeta? E que mistério contém o asteroide Oumuamua, que para muitos astrônomos poderia ser uma espécie de sonda, que é dirigida do espaço por seres inteligentes...? E, por outro lado, os misteriosos sinais de rádio provenientes do espaço profundo, que estão atingindo a Terra de uma maneira pulsante, são todos esses sinais relacionados à aproximação do planeta Nibiru e seus efeitos perigosos?


07/01/2019

Lua Artificial Oca. Fenômenos Em Crateras. Construções Bases Subterrâneas.

****NOVO FORMATO COM ÁUDIO****
***ESTE DOCUMENTÁRIO ESTÁ DIVIDIDO EM SEU INTERIOR EM TRÊS PARTES***

Nosso satélite, a Lua, não é como sempre pensamos, pois contém grandes mistérios e encobrimentos que o cercam... De acordo com muitas investigações e fenômenos que o evidenciam, além de exercer um enorme poder e influência sobre o gênero humano, foi comprovado que é um planetoide artificial criado com um propósito específico.
Entre alguns fenômenos não explicados estão: por que a Lua é tão diferente de outros satélites que existem no Sistema Solar, uma vez que são todos muito menores que o planeta ao redor do qual eles giram? E por que estranhamente possui uma órbita circular e não elíptica muito incomum, e sempre nos mostra a mesma face? E sobre seus minerais, por que eles contrastam tanto com os da Terra? E em relação aos eclipses, será que nosso misterioso satélite foi colocado em um ponto matematicamente exato? E com que objetivo? Por quem e com que tecnologia isso foi realizado? 
É claro que existe uma forte ocultação que de forma alguma se quer revelar, e se é assim, deve haver uma razão poderosa para terem de encobrir a verdade... E embora sempre tenhamos acreditado que a Lua é um satélite natural, também há argumentos científicos mais abertos que colocam em sérias dúvidas tudo aquilo em que sempre acreditamos.
Está comprovado que a Lua não é um satélite natural, mas sim artificial, oco, metálico e protegido, como iremos descobrindo através deste interessante documentário... e não apenas isso, também veremos evidências que confirmam a existência de bases, construções, instalações subterrâneas e fenômenos raros observados em suas crateras, inclusive pelos próprios astronautas das missões lunares.


24/11/2018

Atlântida, Lemúria, profecias, catástrofes antigas e atuais, IA, robotização

****NOVO FORMATO COM ÁUDIO****
***ESTE DOCUMENTÁRIO ESTÁ DIVIDIDO EM SEU INTERIOR EM TRÊS PARTES***
É importante saber que a Atlântida se encontrava distribuída por todo o planeta... sendo Posseidônia seu principal centro populacional... uma cultura composta de muitas raças, que em sua época de ouro estavam intimamente ligadas aos seres estelares, inclusive receberam deles enormes conhecimentos científicos e tecnológicos avançados.
Foram descobertas grandes quantidades de evidências, vestígios, Ooparts em todo o planeta, gigantescas pirâmides, monólitos, sarcófagos remanescentes de gigantes... Por que os governantes atuais não querem que descubramos que esses seres gigantes que povoaram a Terra no final foram destruídos por terríveis catástrofes? ...Ou realmente há uma causa maior de tipo degenerativo que os levou a ser destruídos em massa, enquanto o planeta passava por uma nova desglaciação dos pólos geográficos e magnéticos?
Além disso, nossas origens étnicas e genéticas estão ligadas a um supercontinente chamado Lemur ou Mu, localizado no centro do Oceano Pacífico, do qual existem redutos na América do Sul, na Ilha de Páscoa, nas Maldivas, no Tibete e até mesmo na própria Austrália... Será também que seus habitantes, por motivos de degeneração social, foram destruídos por maremotos, vulcões, meteoritos, furacões e terremotos?
Pelo que podemos deduzir, estamos em uma situação semelhante que envolve seriamente toda a humanidade... é por isso que expomos uma infinidade de catástrofes que estão acontecendo, de igual maneira terremotos, tornados, tufões, ciclones, assim como poderosos furacões e tempestades que destroem tudo em seu caminho, enquanto grande parte da humanidade ignora os resultados, ainda mais porque o planeta está passando por um processo de mutação geomagnética transformadora, como já aconteceu em outras épocas. Será isso um indicativo de que estamos seguindo os mesmos passos de culturas antigas que, por arrogância e desprezo por princípios internos e leis cósmicas universais, acabaram sendo destruídas? E o que podemos fazer para que tais calamidades sinistras que estão se aproximando sejam amenizadas, se nos encontramos no fim dos tempos, como os grandes visionários se referem há séculos?


22/09/2018

Grande Pirâmide, Esfinge, Obeliscos, Tecn. Estelar-Portais, Energia Toroidal

****NOVO FORMATO COM ÁUDIO****
***ESTE DOCUMENTÁRIO ESTÁ DIVIDIDO EM SEU INTERIOR EM TRÊS PARTES***
Sem dúvida, tudo o que a egiptologia moderna nos contou sobre os prodígios da misteriosa cultura egípcia, em absoluto, corresponde à realidade... Qual é a origem de sua extraordinária tecnologia totalmente desconhecida até hoje? Pirâmides colossais, construções feitas com precisão matemática que perduram até o momento presente e revelam uma tecnologia totalmente avançada como, por exemplo, para cortar e deslocar milhões de pedras... Por que a ciência convencional quis esconder algo tão claro, que é totalmente impossível ter sido realizado pela mão do homem da época, como somos levados a acreditar?
E sobre a Grande Pirâmide, com mais de dois milhões e trezentos mil enormes blocos de pedra entre 2 e 70 toneladas, terá sido para enterrar o faraó Quéops, ou seu objetivo era canalizar a energia solar, cósmica e estelar...?
E o que dizer sobre a imponente Esfinge, envolvida em um halo de mistérios ancestrais, representada como o guardião silencioso que protege as pirâmides? Por que foi omitida a existência de uma abertura circular em sua cabeça, assim como túneis subterrâneos que se conectam à Grande Pirâmide?
Será que esses povos possuíam uma alta tecnologia cósmico-estelar extraterrestre que utilizavam para realizar perfeitas medições astronômicas e matemáticas? E será que eles conheciam a luz elétrica, como é evidenciado em algumas gravuras? E em relação aos enormes obeliscos... será possível que eles também tenham sido construídos pela mão do homem, sabendo do enorme peso que cada um possui?
De acordo com muitos pesquisadores, o Egito milenar não é como sempre se acreditou, mas, sim, faz parte de um surpreendente e preciso reflexo do próprio Céu...


13/08/2018

Egito e Deuses Estelares, Maldição Múmias, Medicina, Sírio, Órion, Shemsu Hor

****NOVO FORMATO COM ÁUDIO****
***ESTE DOCUMENTÁRIO ESTÁ DIVIDIDO EM SEU INTERIOR EM TRÊS PARTES***

Muitas coisas existentes do antigo Egito tanto historiadores quanto arqueólogos e exploradores até o momento não puderam decifrar... prodigiosas e colossais estátuas, obeliscos, pirâmides e monumentos em todo o grandioso e milenar Egito... muito vinculados a um campo de energia solar e estelar que esses povos souberam aproveitar.

Restos de inúmeras cidades-templos que circundam toda a margem do maior rio do planeta, o Nilo... como testemunho de sua magnífica civilização que não sabem como foram construídos.

Recordemos que a ciência oficial sempre nos ocultou inúmeras coisas com o único propósito de que permaneçamos na ignorância e nos apeguemos à falta de cultura e ao obscurantismo que é compartilhado em todo o planeta.
E o que podemos dizer do que sempre foi falado sobre a maldição das múmias? Será que o Egito sempre foi protegido por uma luz espiritual e cósmica de uma Justiça muito severa, de completa veracidade e retidão... sustentada por um poder lumínico desconhecido? O que há por trás das mortes incomuns de cientistas, arqueólogos etc., relacionados com a profanação das tumbas e criptas funerárias como, por exemplo, a do faraó Tutancâmon?

Povos com proeminentes conhecimentos em medicina, astronomia, alinhamentos estelares, matemática, engenharia...
Será que todos esses conhecimentos foram uma herança recebida de seus antepassados, ou seja, dos deuses do Egito milenar que haviam, há muitos séculos, descido de suas estrelas como Sírio ou a constelação de Órion, bem como as próprias Plêiades... sendo eles os projetistas estelares tanto das pirâmides de Gizé quanto da grande Esfinge ancestral?