menu

24/10/2016

Tempo terrestre 24 a 16 horas, ressonância Schumann, Universo fractal

****NOVO FORMATO COM ÁUDIO****
***ESTE DOCUMENTÁRIO ESTÁ DIVIDIDO EM SEU INTERIOR EM TRÊS PARTES***

Atualmente, nós estamos em um momento de muito risco bélico e planetário... por um lado, a energia fotônica aumentou significativamente devido à aproximação da Terra ao Centro Galáctico, e isto está criando grandes benefícios, bem como uma enorme aceleração na mutação do DNA de muitas pessoas. Mas será que estamos nos preparando para uma verdadeira mudança transformadora-mutadora, ou continuamos pensando que nada está ocorrendo, enquanto a Terra e o Sistema Solar estão passando por uma plena transformação e uma contínua influência de partículas de alta frequência eletromagnética de tipo cósmico?
Por outro lado, o tempo está inacreditavelmente se reduzindo diante dos nossos olhos de forma inexplicável...
Igualmente, todos nós, sem exceção, estamos submetidos a uma modificação contínua temporal-espacial, algo intangível e invisível, porém que nos sujeita a ser mais rápidos…
Por que agora os dias parecem ser de 16 horas e não de 24 como sempre foram?
Será que nos inteiramos de que o tempo está diminuindo ou desaparecendo e, em seu lugar, vai deixando uma dobra circular com apenas um espaço vazio?
Mas será que poderemos suportar essa modificação do tempo-espaço que, a cada dia, se acelerará inexoravelmente, enquanto toda a humanidade e o planeta vão entrando em um campo estelar mais sutil-etéreo? Ou continuaremos manifestando os egos, crueldades por todos os lados, devido a essa incapacidade de saber transformar as energias Fotônicas em prol da elevação genética do nosso DNA?